O que é a febre?

A febre por si só não é uma doença. É antes de mais um sintoma, que indica que os mecanismos de defesa do corpo estão ativos contra invasores que podem provocar danos no corpo. A temperatura corporal pode aumentar, entre outras causas, devido a infeções virais ou bacterianas e lesões nos tecidos. Designa-se por febre o aumento da temperatura do corpo acima dos intervalos normais de temperatura corporal.

Intervalo de temperatura corporal e febre
A temperatura corporal oscila naturalmente ao longo do dia. Por exemplo, a temperatura corporal é mais elevada à noite que de manhã. Por isso, temperatura corporal normal deve ser encarada como um intervalo de temperatura. Os intervalos da temperatura corporal com base nos valores de medição retal são classificados da seguinte forma:
  • Temperatura normal – temperatura corporal de 36,3 °C a 37,5 °C.
  • Temperatura elevada – temperatura corporal de 37,6 °C a 38,0 °C.
  • Febre ligeira – temperatura corporal de 38,1 °C a 38,5 °C.
  • Febre moderada – temperatura corporal de 38,6 °C a 39,0 °C
  • Febre alta – temperatura corporal de 39,1 °C a 39,9 °C.
  • Febre muito alta – temperatura corporal de 40,0 °C a 42,5 °C.
Quais são as causas da febre?
  • As causas mais frequentes são infeções virais ou bacterianas.
  • Determinados medicamentos, crises, cancro ou doenças autoimunes.
  • As crianças podem ter febre baixa durante a dentição ou imunizações.
Sintomas habituais de febre:
  • Aumento da temperatura do corpo.
  • Dor de cabeça.
  • Dores musculares e nas articulações.
  • Arrepios, tremores ou calafrios.
  • Transpiração.
  • Pele ruborizada.
  • Aumento da frequência cardíaca.
  • Tonturas ou fraqueza.
  • Em caso de febre muito elevada: convulsões, alucinações ou confusão.

No entanto, os sintomas acima listados podem não ocorrer todos simultaneamente.

Identificar a febre
O modo mais eficiente e fiável de detetar a febre é a medição da temperatura corporal com um termómetro.
Informações gerais sobre a temperatura corporal

O seu corpo adapta a sua temperatura para criar o ambiente ideal para processos vitais tais como as reações enzimáticas do metabolismo (as enzimas necessitam de uma determinada temperatura ambiente para funcionarem). Este é o motivo porque a temperatura corporal varia ao longo do dia em cerca de 1 °C. Além disso, existem grandes diferenças entre a temperatura no interior do corpo (temperatura interna) e a temperatura à superfície da pele. Por esse motivo, não existe uma temperatura corporal "normal" geral. Regra geral, a temperatura corporal depende sempre da parte do corpo onde se efetua a medição e é também influenciada pela temperatura ambiente, a idade, o stress, a duração do sono, hormonas e atividade física.

  

Os termómetros de vidro e digitais medem diretamente a temperatura corporal, enquanto que os termómetros auriculares e de testa determinam a temperatura interna através da medição da radiação infravermelha do seu corpo. Os valores de medições efetuadas no ouvido ou na testa podem divergir da temperatura obtida através da medição retal, oral ou axilar com um termómetro digital, mesmo que a medição com o termómetro digital tenha sido efetuada corretamente. A sua temperatura corporal média pode diminuir em até 0,5 °C ao longo da vida.